quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Taça da Liga - Ganhá-la em campo!

Caros Portistas

Hoje ficou provado que não cometemos nenhuma irregularidade na utilização de 3 jogadores da equipa B na equipa principal para o jogo da taça da Liga frente ao Vitória de Setúbal. E como já tinha referido aqui http://dragaocomrazao.blogspot.pt/2013/01/fc-porto-e-questao-taca-da-liga.html a minha teoria confirmou-se, ou seja, a legislação só se aplicaria a utilização de jogadores da equipa B na equipa A e vice-versa em jogos dos campeonatos nacionais.

Fica para a memória mais um ridícula capa da Bolha onde como já nos tentaram colocar fora da Champions já tinham decidido a nossa eliminação!!

Haja paciência! Ridículos estes pasquins!

E mais digo! Se nos querem derrotar só em campo poderão fazê-lo... Isto se conseguirem!

sábado, 2 de fevereiro de 2013

V. Guimarães 0 - 4 F.C. Porto - Conquista do castelo: Feito!

O Futebol Clube do Porto venceu o jogo por 4-0 frente a uma equipa do Guimarães que vinha de uma série interessante de resultados, mas frente a este Porto que fez um jogo ao nível daquele frente ao Gil Vicente não deu qualquer hipótese à equipa da Cidade Berço. O 11 inicial foi um onze bem escolhido e que nos daria todas as garantias perante a equipa da casa.

A primeira parte do jogo trouxe-nos um Porto concentrado, forte e com ambição para rapidamente marcar um golo. Tivemos um início forte onde podíamos ter marcado ainda mais cedo por Varela quando rematou para uma boa defesa do guarda redes do Guimarães. Num pontapé de canto conseguimos fazer o primeiro golo através de Mangala num excelente salto e assim fazer justiça ao resultado. Controlamos sempre o jogo havendo ainda uma grande oportunidade por Jackson Martinez dilatar o marcador mas esse golo não tardou quando o mesmo, Jackson marcou num belo cabeceamento o segundo dos dragões após mais um pontapé de canto. Destaque para 3 foras de jogo mal tirados aos jogadores azuis e brancos que os colocavam em boa posição para fazerem o golo. De resto domínio do Porto sem deixar a equipa da casa criar qualquer perigo.

A segunda parte foi mais do mesmo, controlamos o jogo a nosso belo prazer, jogando a equipa agora com imensa posse de bola mas construtiva, não uma posse de bola sem sentido como muitas vezes nos primeiros jogos da época isso aconteceu. Da mesma forma que surgiram os dois primeiros golos mais tinham de vir com este controlo de jogo e foi isso que aconteceu com mais dois golos de Jackson Martinez. O jogo decorreu sempre sobre o nosso controlo e quando jogamos assim torna-se fácil de conseguir o resultado que queremos e é assim que devemos continuar a jogar jogo após jogo, porque assim meus amigos o campeonato está muito mais perto de ser conquistado.

Notas neste jogo para Vitor Pereira muito bem a colocar a equipa depois da lesão de Defour e indisponiveis  James Rodriguez e Christian Atsu. Mangala imperial na defesa, coroado com um bom golo. 
Izmaylov muito bem enquanto esteve em campo com uma boa série de passes em desmarcação muito bem conseguidos. O meio campo a jogar todo muito bem a pressionar de forma rápida recuperando a bola.
Jackson Martinez CHA CHA CHA que jogador! Excelente jogo coroado com o seu primeiro HatTrick pela equipa azul e branca. Liedson entrou 15 minutos e não deu para observar quase nada, mas certamente terá muito tempo para provar a sua vinda para o clube. Alex Sandro, que senhor jogador, muito bem em todas as fases da equipa.

Agora é continuar a trabalhar porque para a próxima semana temos mais um jogo para a Liga e a Champions está perto portanto devemos continuar a trabalhar da mesma maneira e podemos sonhar com grandes conquistas!

V. Guimarães vs FC Porto - 3 pontos para no topo continuar

Hoje temos um jogo na cidade Berço, frente ao Vitória de Guimarães que tem vindo a fazer uma recuperação no campeonato e que por tal será sempre um adversário difícil  além do mais que se esforça imenso quando joga contra nós, portanto só podemos esperar dificuldades embora no nosso consciente saibamos que temos uma equipa muito mais forte no colectivo como nas individualidades. 

Vamos ter de entrar concentrados no jogo, a querer marcar sempre de forma a dar-nos tranquilidade para todo o jogo com o objectivo de conseguirmos dominar o jogo e marcar ao nosso gosto de forma a construir um resultado tranquilo que corresponda ás nossas ambições nesta Liga.

O nosso onze terá novamente baixas de Christian Atsu, e James Rodriguez como aconteceu nos jogos anteriores mas desta vez Defour não poderá ser opção devido a uma lesão que o retirará dos relvados pelo menos duas semanas, este que estava a ser um jogador muito importante devido à sua versatilidade. Como tal haverá um espaço lá na frente e penso que deveremos jogar com Alex Sandro subido no campo. 

Posto isto não espero mais que uma vitória por parte da nossa equipa, porque esse é o nosso destino e não será frente ao Guimarães que poderemos vir a perder pontos neste segunda volta. Equipa concentrada, objetiva é isso que espero e assim será muito mais fácil atingir o resultado desejado.

Conferência de Imprensa de Vitor Pereira

Num campo tradicionalmente difícil, que Vitória espera e que resposta vai dar o FC Porto?
Sabemos que os jogos em Guimarães nunca são fáceis, pelo próprio contexto e ambiente. Sabemos que o Vitória está numa fase boa e respeitamos muito o trabalho do Rui Vitória, mas vamos atrás dos três pontos com tudo o que temos. Temos qualidade e ambição, estamos solidários e conscientes do que temos que fazer e focados nos objectivos.

Na luta pelo título, há duas filosofias de futebol em luta?
Cada um tem a sua ideia de jogo e temos de o respeitar. Eu gosto mais de um determinado tipo de jogo e trabalhámos todos para a construir. Gosto de um jogo pressionante, de toque e posse, mas no interior das linhas adversárias, o que não é para qualquer equipa. É um trabalho que demora o seu tempo. Os jogadores acreditam e desfrutam, sentem prazer em ter a bola, dominar o jogo do adversário e fazer golos. É preciso ser pressionante e ter uma mentalidade agressiva. A equipa está bem e está como eu gosto.

A pressão de não poder falhar torna os jogos mais complicados?
Acho que é um bom desafio. Os jogadores neste nível vivem do desafio, gostam de ir ao limite e sentir essa pressão. Acredito que esta luta vai tornar o campeonato espectacular, com cada uma das equipas a responder à vez. Também acredito que num dia mau, menos inspirado, qualquer equipa tem hipótese de nos conquistar pontos e ao Benfica. Não acredito num campeonato "limpo" até ao fim, porque há equipas com qualidade. Esta pressão é positiva, obriga-nos a estar sempre focados, com um nível de concentração alto, e queremos provar que somos melhores. Isso é o maior desafio que podemos ter na nossa vida profissional.

A diferença de golos pode ser decisiva para determinar o campeão?
Há tantos jogos ainda por fazer… O que quero dizer é que essa diferença é um objectivo e um dado adicional motivador. Não acredito muito que seja pela diferença de golos que se decida o campeonato, mas de qualquer maneira isso é um factor motivador para todos. Queremos marcar mais, sofrer menos e essa é uma disputa bonita.

Fala com um sorriso… Isso tem a ver com o futebol praticado pela equipa?
Neste momento, tem a ver com acreditar numa ideia de jogo e operacionalizá-la no âmbito de um trajecto difícil, fundamentalmente no ano passado. Esta época sinto tranquilidade, há uma ideia de jogo que está claramente a passar, jogadores a desfrutar e treinos de nível altíssimo, com uma competitividade enorme. O que me conforta não são os elogios e a crítica. Tenho orgulho numa ideia de jogo bem definida, que se começa a transformar em realidade. O ano passado foi necessário sobreviver no alto-mar, numa tempestade, e este ano navegamos em bom ritmo e sinto-me orgulhoso do que a equipa e o plantel têm produzido.

Os jogos com SC Braga e Sporting podem ser decisivos para apurar o campeão?
Na última conferência disse que o Braga estaria provavelmente afastado do título, mas quem tem de responder se está fora ou dentro dos objectivos são os treinadores de Braga e Sporting. Não me cabe a mim estar a dizer quais os objectivos do momento. Pode ser que sejam decisivos ou não; numa esquina, num percalço, podem perder-se pontos com equipas do fundo ou meio da tabela. Nos grandes jogos, os atletas estão extremamente motivados e focados e as equipas são tremendamente competitivas. Nos jogos mais pequenos temos de ter a atenção necessária e a mentalidade correcta, porque o contexto pode parecer facilitador, deixamos as coisas correrem e elas não acontecem. Tenho mais em linha de conta esses jogos do que as partidas com Braga e Sporting, em que a equipa sabe que tem de estar ao melhor nível, como terá de estar com o Vitória de Guimarães, que não é pêra doce em sua casa. Estamos preparados e a desfrutar desta competição, deste taco a taco. Vem aí um jogo da Liga dos Campeões e queremos andar para a frente. Se temos expectativas de continuar em prova temos de preparar esse jogo agora, dando respostas fortes e sinais evidentes de que estamos no top para defrontar um adversário difícil como o Málaga. Temos três jogos até lá e queremos apresentar níveis competitivos elevados para provarmos que estamos em condições de discutir uma eliminatória dessa importância.

A chegada de dois reforços e a perda de dois jogadores no Benfica deixa o FC Porto em vantagem?
Só posso falar pelo meu plantel. Passámos um momento em que estivemos, por circunstâncias várias, limitados em termos de opções. Agora temos opções e a equipa está a crescer em termos de qualidade de jogo. Com menos opções, fomos competentes, competitivos e não cedemos qualquer ponto ao adversário.

Nos treinos, o Liedson já se apresenta ao nível de que temos memória em Portugal?
O Liedson veio do Brasil e numa fase em que o campeonato brasileiro não estava a ser jogado. Vem de uma pré-época, aqui estamos em plena época e com um ritmo muito forte. Não esperava que, na sua primeira semana, conseguisse colocar toda a sua qualidade em evidência. É muito difícil entrar num plantel com treinos de intensidade altíssima. Ele precisa de estar bem e adquirir índices físicos e de entrosamento com os colegas. Os movimentos que lhe são solicitados são pedidos pela equipa e ele vai preparar-se para ser uma solução válida e de qualidade, disso não tenho dúvidas. Chegou na semana passada e nem eu nem ninguém pode esperar que esteja ao nível a que o vimos jogar quando saiu de Portugal. A pouco e pouco vai adquirir confiança e nível de jogo. Ele e o Izmaylov são duas mais-valias para o plantel.

Com as saídas de Rolando e Iturbe, o plantel está fechado?
Estou a trabalhar com um plantel claramente focado nos objectivos, que são ganhar o campeonato nacional e passar à próxima eliminatória da Champions. O plantel só está fechado quando o mercado também estiver, mas não espero perder nenhum dos jogadores que têm jogado regularmente. Porém, isso pode acontecer a qualquer treinador do mundo."

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Mercado de Inverno - Avaliação

O mercado de inverno terminou ontem e então neste momento podemos fazer uma avaliação daquilo que aconteceu durante o mês passado!

Chegamos ao mercado de Janeiro com um défice atacante elevado. Extremos puros tínhamos Varela, Christian Atsu na CAN, Iturbe emprestado, James lesionado e por aí. No meio campo também caso algum jogador nuclear estivesse indisponível as alternativas faziam diminuir o nível do meio campo azul e branco. Na defesa as posições mais críticas estavam nas alas.

Com este resumo do estado da equipa pré mercado de inverno podemos agora avaliar as entradas e saídas realizadas no plantel azul e branco.

Izmaylov entrou para o meio campo portista sendo uma alternativa credível até prova em contrário, tendo já marcado um golo nos poucos minutos que esteve em campo frente ao Paços de Ferreira! É certo que a sua condição física não é digamos, a melhor, aliás longe disso, mas com trabalho conseguirá chegar a um momento de forma que lhe permita ser uma peça importante na equipa e mostrar o porquê da aposta efetuada pelos Dragões!

Liedson entra para a equipa já perto do encerramento do mercado de transferências, fruto do tempo demorado que se deu as negociações como também a procura por parte do Porto por outro avançado que não o levezinho! O empréstimo terá duração até ao final desta época desportiva. Foi uma contratação de recurso sem dúvida mas que tem muita lógica! Jogador cheio de experiência, conhece o futebol Português plenamente bem o que poderá ser uma mais valia certamente! E experiência numa equipa tão jovem como a nossa é sempre bom para ensinar aos outros!

Fucile voltou ao grupo, depois de um empréstimo ao Santos do Brasil, e caso venha com a cabeça no lugar, pronto para trabalhar muito de forma a conquistar o seu lugar na equipa então é muito bem vindo, porque é nosso jogador e foi feito um investimento nele e esperamos assim recuperar um jogador que sempre foi acarinhado pelos Portistas pese embora o seu jogo trapalhão.

A nível de saídas tivemos Miguel Lopes que foi a peça de troca com o Sporting por Marat Izmaylov, jogador que não estava a ter tempo de jogo no clube do Norte e como tal preferiu assim sair para um clube onde possa evoluir!

Quem também saiu definitivamente do clube azul e branco foi o médio Souza que estava já emprestado, onde geramos uma quantida de aproximadamente 3M €

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Mercado Transferências últimas horas

Hoje termina o mercado de Inverno e temos confirmações e rumores que vão durar até as 23:59h do dia de hoje! Vamos por parte e verificar confirmações até agora:

Kléber será emprestado ao Sporting C.P. Não sabemos com que mais valias ainda para o clube azul e branco. Fucile será reintegrado na equipa azul e branca, podendo ser aposta novamente. Rolando saiu por empréstimo para o Napoles de Itália.
O Porto adquiriu Victor Hugo Garcia e Guilherme Lopes da Silva onde estão ambos inscritos na equipa B.

A nível de supostos rumores diz-se que James estaria vendido ao Manchester United, recebendo em troca o Porto Chicharito e mais uma quantia monetária. Isto são as novidades que circulam pelos espaços online mas que não sabemos da sua veracidade, pelo menos, até ao fim do dia!

Segundo parece Kléber não chegou a acordo com a equipa de Alvalade continuando assim no FC Porto.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

FC Porto 5 vs 0 Gil Vicente - A liderança é nossa!

O FC Porto conseguiu vencer o Gil Vicente pelos claros 5-0 praticando um futebol tranquilo, cheio de controlo e sem dar espaços ao adversário, entrando forte a marcar cedo dois golos deixando o jogo fácil do início ao fim. Quando é assim não há muito que se possa dizer, ainda a jogar com a adaptação de Defour à posição de extremo a equipa apresentou um futebol agradável e a dominar o jogo totalmente! Jogo digno de ser mostrado pese embora a equipa de Barcelos que foi afectada pela perda de jogadores neste mercado de Inverno mas que não serve de desculpa para tamanho domínio da equipa azul e branca.

A primeira parte tivemos um entrada muito forte como já tinha dito na antevisão ao jogo, onde atacamos desde início sem dar espaços ao adversário e tentar marcar o mais rápido possível. Logo ao 4º minuto de jogo Danilo numa acção individual conseguiu fazer o primeiro golo para a equipa da casa que procurou logo de início chegar à vantagem. Apenas 8 minutos depois Otamendi após pontapé de canto ganha a bola na área, a rematar e Vitor Vinha a desviar para a própria baliza e o segundo golo da equipa azul e branca estava feito! Dominamos toda a primeira parte como uma posse de bola brutal, sem deixarmos a equipa visitante fazer um único remate à nossa baliza nos primeiros 45 minutos! A pressão efectuada pela equipa foi demasiado alta não permitindo nenhum espaço ao Gil Vicente. Tivemos várias oportunidades de golo e ainda uma grande penalidade escandalosa não assinalada a nosso favor, quando César Peixoto foi ao jogador e nunca à bola. Vantagem justa e curta ao intervalo por aquilo que foi feito pela equipa azul e branca. Destaque para os 83% de posse de bola para a equipa da Invicta e 30 ataques!

Na segunda parte entramos de novo com o domínio do jogo mas a equipa de Barcelos teve uma oportunidade aos 51 minutos em contra ataque que levou muito perigo à baliza azul e branca. A resposta dos Dragões não tardou a chegar e Defour numa iniciativa individual marcou o 3º golo para a equipa da casa num golo bem conseguido. Aos 61 a equipa de Barcelos ficou reduzida a 10 jogadores com a expulsão de Claúdio por duplo cartão amarelo, com faltas sobre Jackson Martinez e João Moutinho, sem qualquer contestação. Aos 74 minutos após entrada de Izmaylov e Castro o Porto fez mais um golo, desta feita por Varela de cabeça após excelente cruzamento de Castro. Já perto do final do encontro Jackson Martinez a fazer o 5º e último golo da partida e o seu 15º tento no campeonato após excelente passe de Sebá!
A segunda parte foi de domínio completo do jogo, a jogar num ritmo acelerando aos poucos quando queria criar perigo para a baliza do Gil.

Notas de destaque para toda a defesa, intransponível em todo o jogo, Jackson trabalhou muito, Defour e Danilo muito bem ambos no jogo, Moutinho e Fernando excelentes ou seja não houve um único jogador a jogar mal, com Varela a trabalhar bem até e marcando mesmo um golo. A liderança é nossa sem qualquer contestação e estamos vivos e para durar! Somos Porto    

Resumo do Jogo



domingo, 27 de janeiro de 2013

FC Porto vs Gil Vicente - Começar a segunda volta com uma vitória

Caros Dragões!

Amanhã iniciamos a segunda volta da Liga Zon Sagres e para começar da melhor forma vamos retificar o resultado que tivemos frente à equipa de Barcelos na primeira volta, onde não fomos além de um empate! Acabamos a primeira volta do campeonato com uma vitória frente ao Vitória de Setubal na jornada que tinhamos em atraso por 3 bolas a 0.

Temos o regresso de Izmaylov e Fernando aos convocados, que ficaram de fora Izmaylov por não se encontrar inscrito à data do jogo que estava marcado para Dezembro e Fernando que cumpriu um jogo de castigo após 5 cartões amarelos!

Para este jogo temos de esperar uma equipa unida, coesa, concentrada, a praticar um futebol de pressão e a querer ganhar espaços porque a equipa de Barcelos deverá jogar muito fechada lá atras e é sempre dificil encontrar um caminho para a baliza! Temos de tentar marcar cedo para facilitar o jogo e contaremos com os nossos jogadores mais criativos de forma a encontrar o caminho para a vitória! Será uma jornada onde irá haver o jogo entre Benfica e Sporting de Braga e era ideal conseguir ganhar um ou mais pontos sobre o clube da 2ª circular.

Equipa para o jogo:

Hélton, Danilo, Otamendi, Magala, Alex Sandro, Fernando, Moutinho, Lucho, Varela, Jackson e Defour!

Antevisão Vitor Pereira

"O Gil Vicente foi uma das equipas que conseguiu roubar pontos ao FC Porto, uma equipa que fez algumas alterações, como antecipa o jogo?
Espero que a equipa seja competente. Sabemos das dificuldades que uma equipa com as características como o Gil Vicente normalmente provoca, com bloco compacto baixo, linhas muito próximas, depois a procurar saídas rápidas. Reforçando-se como se reforçaram agora neste período de mercado, acredito que vamos defrontar equipa com qualidade, mas independentemente de ser o Gil Vicente, ou outra equipa qualquer, a nossa obrigação é de jogar para ganhar. Estamos preparados para as dificuldades e preparados para ultrapassar mais este obstáculo.

O que é que Liedson traz ao plantel do FC Porto e como vê estes primeiros treinos e como se tem adaptado?
O Liedson traz-nos experiência numa posição específica, que é a de ponta-de-lança, um goleador experimentado. Traz-nos qualidade e depois um conhecimento muito grande do campeonato português. Precisávamos de um jogador que chegasse e já estivesse identificado com as características das equipas portuguesas, das defesas portuguesas e que nos ajudasse a desbloquear equipas do género do Gil Vicente, por exemplo.

O processo de inscrição de Liedson já está concluído, já conta com ele para segunda-feira?
O Liedson fez dois treinos connosco, como devem compreender não é em dois treinos que eu consigo avaliar as condições de um jogador. Ele também vem de uma paragem grande, está a ambientar-se com a equipa e com os processos de treino. Vamos aguardar, vamos ver se podemos contar ou não com ele, ainda não tenho isso como certo.

No mercado de Inverno prefere jogadores com experiência, em vez de jovens…
A questão é que um jogador jovem numa altura destas, se não tiver experiência para chegar e render, de pouco vale. Normalmente demoram o seu tempo a adaptarem-se. O próprio campeonato tem características próprias. Nesta altura, acho mais importante apostar em jogadores de qualidade, que vêm acrescentar qualidade ao nosso plantel e estão adaptados ao nosso campeonato. São jogadores que estando ao seu nível físico rapidamente conseguem estar disponíveis para acrescentar mais soluções ao treinador.


Quando jogar na segunda-feira já sabe o resultado do Benfica em Braga. Deseja que o Benfica não vença?
O que eu acho é que importante é manter os níveis de concentração e aumentar a qualidade se possível. Aumentar os níveis de agressividade e continuar a fazer o nosso trabalho, independentemente dos resultados das outras equipas. Já disse uma vez, não conseguimos controlar isso, temos é de fazer o nosso, para nos mantermos na frente e para chegarmos na frente no fim, que é o mais importante.

Está preocupado com o facto de o FC Porto poder ser afastado da Taça da Liga?
Esse processo está entregue ao departamento jurídico. Temos de aguardar e ver o que poderá suceder.

A contratação de Liedson abre espaço à cedência de Kléber?
O Kléber neste momento faz parte do nosso plantel, não está à minha disposição porque está lesionado. É um activo do clube, um jogador que com que contamos, o clube é que tem de perceber claramente qual será a melhor solução para a vida profissional e a gestão de um activo como o Kléber, que é um jogador com muita qualidade.

Perdeu Hulk, não conta com James há algum tempo, porque está lesionado, mas acaba por fazer melhor na primeira volta do que no ano passado.
O que quero é enaltecer e valorizar o trabalho dos meus jogadores, porque passamos por um período em que tivemos de ultrapassar muitas condicionantes e é só puxar o filme atrás e ver que tivemos muitos jogadores indisponíveis e com o carácter da equipa, com a qualidade da equipa, conseguimos passar por esta fase ganhando. Isso é que quero valorizar claramente. Às vezes leio críticas em que baixamos de qualidade, de ritmo, mas é preciso analisar correctamente as situações e perceber as opções que de repente perdemos na equipa, uns porque foram para as selecções, outros porque se lesionaram, e passamos por este período sem ceder qualquer ponto, à excepção do jogo da Luz, mas aí eu olhava para o nosso banco de suplentes e via se calhar o mais jovem de sempre que se deslocou ao Estádio da Luz e acabamos por empatar e fazer o jogo que fizemos. Satisfeitíssimo, vejo a equipa a vir de um período em que teve de lidar com muitas condicionantes e foi ganhando jogos com personalidade, com qualidade, com carácter e aqui estamos na frente do campeonato e à espera de elevarmos a qualidade, de continuarmos agressivos, de continuarmos concentrados e de chegarmos no fim em primeiro lugar, que é esse o grande objectivo da época."

Nota apenas para mais um roubo a favorecer o regime! É uma VERGONHA o que se passa com o clube lá debaixo! Levado ao colo meus amigos, é isso que está a acontecer, mas se pensam que sairão vencedores estão muito enganados, porque nós seremos os CAMPEÕES!

sábado, 26 de janeiro de 2013

José Mourinho 50 Anos

Hoje abordo aqui o aniversário de José Mourinho, que cumpre hoje 50 anos de vida! Qual a razão para tal! Podem dizer o que quiserem da sua arrogância, forma de estar mas uma coisa é certa, é sem dúvida o melhor treinador do Mundo, Português e trouxe-nos tantas glórias que merece o destaque!

José Mourinho esteve no nosso clube por 2 anos e meio, venceu a Taça Uefa, Liga dos Campeões, Taça de Portugal, Campeonatos Nacionais, ou seja, elevou o nosso clube na década passado ao patamar mais elevado do Futebol Europeu saíndo posteriormente para o Chelsea onde colocou o clube a vencer novamente, passando ainda pelo Inter onde foi novamente campeão Europeu e está agora no Real Madrid! Tal como foram anos de glória aqueles que teve pelo nosso clube, espero que no final desta década ou ínicio da próxima, JM possa tornar-se o treinador da nossa Seleção e guiar-nos à Vitória nas competições! Algo que nunca conseguimos!

Não me alongando mais resta desejar um Feliz Aniversário!! Venham mais 50!

Notas: Alex Sandro também cumpre o seu aniversário! Felicidades para ele

Nota2: Parece ter sido instaurada uma averiguação por parte da FPF ao caso da utilização indevida de 3 jogadores no jogo da taça da liga. Veremos o que irá acontecer! Espero uma reação do Porto em breve quando soubermos mais novidades em relação ao estado da averiguação.

Rumores indicam que a nossa equipa poderá estar interessada em Diego Fraire e Luciano Vietto! Não sei nada sobre estes jogadores, quem o souber que diga de sua justiça!