quinta-feira, 21 de abril de 2011

SL Benfica 1 - 3 F.C Porto - 2ª Mão 1/2 Final Taça Portugal

Bem, pela primeira vez escrevo aqui, neste novo espaço, dedicado ao Futebol Clube do Porto.

Inspirado pelo Dragão Vila Pouca, no qual podem visitar também o seu blog, denominado Dragão Doente, decidi criar este espaço, em que muitas mensagens estarão aqui para não só felicitar este nosso clube, como também para desmascarar todos aqueles que estão contra o Porto, utilizando tudo o que têm em seu puder para colocar em causa o mérito deste colectivo.

Agora vamos ao jogo propriamente dito.
Meus amigos, o jogo de ontem foi de grande emoção para todos os portistas, mas ninguém poderia pedir menos. Após termos sido derrotados por 2 bolas em casa, muitos portistas não acreditariam que seria possível consumar a passagem à final, ainda para mais, porque iríamos jogar à Luz (agora às escuras). Mas não, chegamos lá e conseguimos uma vitória convincente, que só não ganhamos por mais, como disse o nosso Grande Pinto da Costa, porque houve alguma coisa que inclinou o campo após o terceiro golo da partida.

Bem, este era um jogo impróprio para cardíacos, as emoções estavam no seu auge, mas os nossos jogadores, Meu Deus, não percebo como conseguem ter tanta cabeça fria neste jogo. Chegamos à luz e fizemos uns primeiros 45 minutos condicionados pelo Benfica, equipa que jogou atrás, sempre com passes entres os seus centrais. Perto do intervalo, o Jardel (aquele comprado no dia do jogo), escorregou e Falcão, de frente para a baliza falhou e ninguém podia acreditar.
Mas quem sabe, esse poderá ter sido o momento do jogo, em que Jesus deve ter pensado para ele próprio, que chegando ao intervalo com o empate, a eliminatória estava ganha.

Com André Vilas Boas, já me apercebi que as nossas segundas partes são muitos superiores às primeiras. Bem, que luxo de equipa temos. Pegamos no jogo de uma forma incrível, como só os melhores sabem fazer, e ganhamos, puxamos pela nossa raça e em cerca de 10 minutos, fizemos o inesperado por muitos, marcar 3 golos na Luz apagada. Até esta altura viam-se algumas luzes no galinheiro, mas de repente, tudo ficou às escuras, até ao momento em que o Xistrema voltou a fazer das suas. Como é possível assinalar uma grande penalidade naquela situação. É preciso irradiar estas personagens do nosso futebol, porque assim meus amigos, não vamos a lado nenhum. Mas a justiça foi feita e vencemos de uma forma espectacular.

Não queria falar da equipa em particular, mas é preciso salientar alguns jogadores:
João Moutinho - "João Moutinho, Tu aqui vais jogar, para ganhar, ser campeão" - É isso mesmo. Mas que luxo aquela segunda parte. O Moutinho está aqui para os grandes jogos e com a raça que mostrou no dia de ontem, meus amigos, ninguém o pára.

Falcão - Falhou um golo certo, mas demonstrou a sua raça, sem nunca desistir, e o azar que teve na 1ª parte foi retribuído com um golo na 2ª.

Beto - Fizeste com que não sentíssemos falta do Helton. Não tiveste muito trabalho mas mostraste segurança entre os postes.

Resto da equipa - Excelente atitude, garra, ambição, e arrancar esta vitória é motivo de orgulho.
Agora vamos lá nos concentrar, porque no dia 28 temos mais um jogo extremamente importante.

Fiquem com os melhores momentos da partida



Highlights - MyVideo

4 comentários:

Tiago Araújo disse...

Boa tarde,
bem vindo há blogosfera portista.

Se quiser aqui fica o link do meu blog:

http://campeoesfcporto.blogspot.com/

Zé Manel disse...

Claro!

Peço o mesmo, para o meu blog!!

dragao vila pouca disse...

Amigo, duas notas:
Não é dragão de Vila Pouca, mas dragão Vila Pouca.
Já linkei o teu blog.
Boa-sorte e bom trabalho.
Abraço

Zé Manel disse...

Ja vai ser corrigido.

Muito Obrigado e continuarei a seguir atentamente o seu blog.